A derrota do Atlético para o Palmeiras, nesta segunda-feira (2), fez o técnico Jorge Sampaoli voltar no tempo e relembrar o que aconteceu em 2019, quando ainda comandava o Santos. Se pelo Galo ele deixou o Allianz Parque com 3 a 0 nas costas, pelo Peixe, foi com um 4 a 0 levado no Pacaembu.

Dominado pelo time comandado pelo interino Andrey Lopes (Cebola) na última rodada do turno da atual edição, o argentino também sofreu nas  mãos de Luiz Felipe Scolari, atualmente técnico do Cruzeiro na Série B.

Leia mais:
Após derrotas, Atlético e Flamengo farão duelo 'melhor mandante x melhor visitante' no Mineirão

Naquele 18 de maio, em duelo que também tinha a liderança do Campeonato Brasileiro como maior prêmio, o Palmeiras freou o ímpeto do abusado Santos e, com gols de Gustavo Gómez, Deyverson, Raphael Veiga e Hyoran, fez a festa no Pacaembu. Veiga, inclusive, também marcou o primeiro sobre o Galo.

No duelo de volta, na Vila Belmiro, deu Peixe. A vitória por 2 a 0 foi sobre o time que, naquele momento, era comandado por Mano Menezes e que se consolidava cada vez mais como o segundo melhor do país, atrás apenas do Flamengo.