Os atacantes do Atlético marcaram 16 dos 31 gols do time nesta Série A. Quem mais contribuiu nesta conta foi Keno, que já balançou a rede adversária oito vezes neste Brasileirão. Num momento em que o Galo precisa se recuperar na competição, viverá pela primeira vez a experiência de entrar em campo, pelo torneio, sem o seu camisa 11, que é a maior referência ofensiva da equipe de Jorge Sampaoli.

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Keno não enfrenta o Palmeiras, na próxima segunda-feira (2), às 17h, no Allianz Parque, em São Paulo, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Zaracho meia Atlético Sport 2020

O meia-atacante Zaracho, contratado pelo Atlético na semana passada, pode ganhar sua primeria chance como titular do Atlético no jogo da próxima segunda-feira, contra o Palmeiras, no Allianz Parque

Além de não ter a chance de se beneficiar com a “Lei do Ex”, pois o último clube defendido por Keno no Brasil, antes de ir para o Mundo Árabe, onde o Atlético foi busca-lo, foi o Palmeiras, o Galo inicia a semana da partida contra o Verdão, nesta terça-feira (27), com Jorge Sampaoli tendo como tarefa principal definir o substituto do seu camisa 11.

Depois de folgarem domingo (25) e segunda-feira (26), os jogadores retornam nesta terça-feira à Cidade do Galo e serão seis dias de trabalho antes da partida contra o Palmeiras.

Opções

Se for colocar um atacante no lugar de Keno, as opções de Sampaoli são Marquinhos, cada vez menos utilizado pelo treinador, e Marrony, que é mais escalado como homem de referência do ataque, mas que diante do Santos, na Vila Belmiro, começou jogando ao lado de Eduardo Sasha.

O garoto Sávio, que chegou a ser titular enquanto Savarino estava defendendo a Venezuela nas duas primeiras rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, também é opção. Dia 2 de novembro ele começa um período de treinamentos com a Seleção Brasileira sub-17, sob o comando do técnico Paulo Victor Gomes, em Itu, interior de São Paulo.

A apresentação, na cidade do interior paulista, é até às 23 horas, portanto daria tempo dele enfrentar o Palmeiras e depois seguir para a Seleção Brasileira.

Zaracho

Outra possibilidade para Sampaoli é escalar o meia-atacante argentino Zaracho, que joga também pelo lado do campo, principalmente na direita, mantendo Savarino na esquerda, o que o treinador já fez na partida contra o Sport, no empate por 0 a 0 no último sábado (24), no Mineirão.

Não será novidade para o mais recente reforço alvinegro jogar dessa maneira, pois ele já atuou assim no Racing, da Argentina, clube de onde veio contratado na semana passada.

Uma certeza atleticana é que o tempo de preparação que ele terá para o compromisso da próxima segunda-feira será maior que o do adversário. Isso porque o Palmeiras, antes de encarar o Atlético, ainda joga pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

O seu jogo de ida pela etapa será na próxima quinta-feira (29), às 19h, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, contra o Bragantino. A volta está programada para o dia 5 de novembro, às 19h, no Allianz Parque.

Como faz campanha irregular no Brasileirão, e passar de fase na Copa do Brasil significará um prêmio de R$ 3,3 milhões, o resultado do jogo contra o Bragantino pode interferir na escalação palmeirense para o jogo contra o Galo.