Novo técnico, velhos problemas. Apesar da vitória na estreia de Luiz Felipe Scolari, o Cruzeiro voltou a jogar mal  na Série B do Campeonato Brasileiro, mas, pelo menos, se livrou da derrota em Pernambuco. Neste domingo (25), a Raposa empatou com  o Náutico, no Aflitos. Mais uma vez, marcando gol já no apagar das luzes.

Com o gol do jogo marcado ainda no primeiro tempo, o Timbú foi dono das ações durante os minutos seguintes e pouco se assustou com as investidas dos mineiros. Contudo, o castigo veio aos 40 minutos do segundo tempo, com gol de cabeça de Airton.

Agora com  17 pontos, o time celeste segue na 18ª colocação e não conseguiu terminar a rodada fora da zona de rebaixamento. Contudo, Felipão ainda não sentiu o amargo gosto da derrota no comanda da Raposa.

A preocupação fica por conta do atacante Arthur Caíke, do meia Marquinhos Gabriel e do lateral-esquerdo Matheus Pereira; o trio acabou substituído por lesão e pode ser dúvida para o próximo compromisso da Raposa.

Na sexta-feira (30), o Cruzeiro encara o Paraná, no Mineirão. O Tricolor, que ainda joga neste domingo, tem 25 pontos.

NÁUTICO 1 X 1 CRUZEIRO
Motivo: 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: Aflitos, em Recife-PE
Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho, auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho e Evandro de Melo Lima, todos paulistas
Cartões amarelos: Camutanga, Rhaldney, Jorge Henrique (Náutico); Marquinhos Gabriel, Ramon, Cacá (Cruzeiro)
Gols: Vinicius (Náutico) aos 20 minutos do primeiro tempo; Airton (Cruzeiro) aos 40 minutos do segundo tempo

Náutico
Jefferson; Hereda, Carlão, Camutanga e Kevyn; Rhaldney, Jhonnatan (Djavan), Jorge Henrique (Erick) e Jean Carlos (Marcos Vinícius); Vinicius (Álvaro) e Kieza
Técnico: Gilson Kleina

Cruzeiro
Fábio; Rafael Luiz, Cacá, Ramon e Matheus Pereira (Patrick Brey); Adriano, Jadsom Silva (Machado) e Régis (Welinton); Marquinhos Gabriel (Sassá), Arthur Caike (Airton) e Marcelo Moreno
Técnico: Felipão