Forte candidato para assumir o comando técnico do Cruzeiro, após a demissão de Ney Franco, o experiente Luiz Felipe Scolari, o Felipão, acompanhou de perto o drama vivido pela Raposa, ainda em 2019, uma rodada antes do rebaixamento do time para a Série B do Campeonato Brasileiro ser confirmada.

No embate contra o Grêmio, em Porto Alegre, pela 37ª rodada da competição, o treinador pentacampeão do mundo em 2002 pela Seleção Brasileira aproveitou a presença da equipe, na época comandada por Adilson Batista, em Porto Alegre, e fez uma visita ao grupo no hotel.

Leia mais:
Após quase duas décadas, Felipão deve retornar ao Cruzeiro em pior momento da história do clube

Torcendo naquele momento pela permanência dos celestes, Felipão teve uma longa conversa com Adilson, seu ex-comandado. O  então técnico da Raposa foi o zagueiro do Grêmio nas campanhas vitoriosas da Libertadores (1995), Brasileiro (1996), da Recopa (1996) e do Gaúcho (1995/96).