Ganhar a tradicional 'gordura boa' na liderança do Campeonato Brasileiro será a maior vantagem do Atlético caso vença o Vasco, neste domingo (4), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto está marcado para às 20h30, no Mineirão. 

Além deste objetivo principal, Sampaoli e seus comandados podem dar um outro passo muito importante na atual edição. Caso vençam o cruz-maltino, o aproveitamento de 100% como mandante será preservado e, de quebra, a distância para o atual quinto colocado, ampliada.

Para o jogo deste fim de semana, o comandante argentino terá todos os jogadores à diposição. Como de praxe, saber qual os onze que iniciarão o duelo e também qual esquema tático será utilizado pelo argentino é missão para videntes. Contudo, uma possível mudança será o retorno do  zagueiro Réver ao time titular; com isso, Rabello iria para o banco de reservas.

Vasco

Sem vencer na competição mais importante do país há quatro duelos, o Vasco chega a Belo Horizonte pressionado, principalmente para não estacionar nos 18 pontos e despencar na tabela. Com o técnico Ramón Menezes recuperado da Covid-19 e com a semana cheia para se preparar, os cariocas acreditam que podem surpreender os mineiros em pleno Mineirão.

Menezes deve ter com o retorno de peças importantes, como os meio-campistas Benitez e  Andrey e também do zagueiro Ricardo Graça.

"O Brasileiro é muito difícil, dentro ou fora de casa, sempre é uma dificuldade grande. São grandes adversários que teremos pela frente. A começar pelo líder do Brasileiro, o Atlético, que teremos pela frente no domingo. Temos que respeitar, mas somos Vasco da Gama. E pode ter certeza que os adversários começaram a nos respeitar. Mas são jogos decisivos, todos com cargas de final. Temos muitos atletas jovens, a pressão sempre existe, a dificuldade também, mas estamos indo muito bem", destacou o técnico em entrevista coletia.

Ficha Técnica: 
Atlético x Vasco

Motivo: 13ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão
Horário: 20:30
Data: Domingo (4 de outubro)

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e José Eduardo Calza. VAR: Daniel Nobre Bins; todos gaúchos.

Atlético: Everson, Guga (Mariano), Réver, Alonso, Arana, Allan (Jair), Franco, Nathan, Savarino, Keno e Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli

Vasco: Fernando Miguel, Pikachu, Ricardo Graça (Miranda), Leandro Castan, Henrique, Andrey, Bruno Gomes, Benítez, Vinicius, Talles Magno e Cano. Técnico: Ramon Menezes

Transmissão: Première