Muito mais do que uma vitória: uma série de conquistas. Assim pode ser traduzido o triunfo do Atlético por 3 a 1 sobre o Grêmio neste sábado, no Mineirão. Além dos valiosos três pontos, que deixam o alvinegro isolado na liderança do Campeonato Brasileiro, com 24 ao todo e um jogo a menos, o clube atingiu também o tento 2000 na competição, desde 1971, anotado por Keno. Ele, inclusive, também fez o segundo e o terceiro.

Em fase iluminada, o camisa 11 encerrou a rodada passada com um hat-trick sobre o Atlético-GO, na vitória por 4 x 3 em Goiânia, e, neste fim de semana, correu para o abraço com mais um feito na bagagem: além de mais três gols, ele tem 7  anotados pelo Galo e, assim, ultrapassou  Nathan e Savarino, se tornando o artilheiro da equipe da temporada.

Cabe destacar também que o Atlético manteve os 100% de aproveitamento como mandante. São cinco partidas e cincos triunfos conquistados. Com 15 pontos em casa, o Galo é o melhor no quesito. O Inter, apesar da mesma pontuação, tem aproveitamento inferior.

Outro feito conquistado nesta noite de sábado foi chegar aos 21 gols na atual edição; com isso, o Galo também tem o ataque mais efetivo.

Atlético 3 x 1 Grêmio

Sem tomar conhecimento do "mistão" montado pelo técnico Renato Gaúcho, o Atlético anotou um gol em cada tempo e, se beneficiando do empate entre São Paulo e Internacional, se isola na liderança da competição mais importante do país.

Aos 9 da segunda etapa, Isaque ainda descontou para os gaúchos, mas nada que fosse capaz de ajudar a atrapalhar os planos atleticanos nesta 12ª rodada. Keno, impossível ainda fez mais um e chegou ao segundo hat-trick consecutivo. Impossível o camisa 11!

No próximo domingo, também no Gigante da Pampulha, o Atlético recebe o Vasco do artilheiro German Cano.

Ficha Técnica:
ATLÉTICO 3 X 1 GRÊMIO

 
Atlético - Everson; Guga (Bueno, aos 41’ do 2ºT), Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Alan Franco (Hyoran, aos 40’ do 2ºT) e Nathan (Allan, aos 15’ do 2ºT); Savarino (Sávio, aos 46' do 2ºT), Keno e Eduardo Sasha (Marrony, aos 40’ do 2ºT)
Técnico: Jorge Sampaoli
 
Grêmio - Paulo Victor; Victor Ferraz, Paulo Miranda, David Braz e Diogo Barbosa; Lucas Silva, Darlan (Guilherme Azevedo, aos 11’ do 2ºT), Matheus Henrique e Robinho (Rildo, aos 26’ do 2ºT); Pepê (Ferreira, aos 39’ do 2ºT) e Isaque (Luiz Fernando, aos 26’ do 2ºT)
Técnico: Renato Gaúcho
 
Motivo: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: sábado, 26 de novembro, às 21h (de Brasília)

Gols: Keno, aos 10’ do 1ºT, aos 5’ e aos 20’ do 2ºT (ATL); Isaque, aos 9’ do 2ºT (GRE)
Cartões amarelos: Jair, aos 19’ do 2ºT (ATL); Luiz Fernando, aos 33’ do 2ºT (GRE)
 
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Vinicius Melo de Lima (RN)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)