A segunda disputa eleitoral no Cruzeiro neste ano de 2020 será restrita à presidência do Conselho Deliberativo, em novembro. O cargo maior do clube seguirá com o advogado Sérgio Santos Rodrigues, pois apenas a sua chapa foi inscrita para o pleito do próximo dia 7 de outubro.

Sérgio Santos Rodrigues, sérgio santos, presidente cruzeiroSérgio Santos Rodrigues foi eleito presidente do Cruzeiro em maio, derrotando o empresário Ronaldo Granata na disputa

Ele segue tendo como vice-presidentes Lidson Potsch e Biagio Teodoro Peluso. Como apenas a chapa “Um Novo Cruzeiro” fez a sua inscrição, que tinha às 17h desta sexta-feira (25) como limite, Sérgio Santos Rodrigues será eleito por aclamação.

A eleição por aclamação não é novidade no Cruzeiro. Em 2014, Gilvan de Pinho Tavares seguiu à frente do clube, que tinha assumido em 2012, desta maneira.

Já a briga pela presidência do Conselho Deliberativo deve ser acirrada. Em maio, Paulo César Pedrosa venceu Giovani Baroni por apenas dez votos de diferença.

Ainda não se sabe quais serão as chapas inscritas, mas é certo que haverá uma disputa.

Confira a nota divulgada pelo Cruzeiro referente à eleição:

O Cruzeiro Esporte Clube informa que foi encerrado, às 17h desta sexta-feira, o prazo para o registro de chapas para as Eleições para a presidência executiva do Clube.

A única chapa registrada foi a "Um Novo Cruzeiro", do atual presidente Sérgio Santos Rodrigues, que é formada também por Lidson Potsch Magalhães (1º Vice-Presidente) e Biagio Teodoro Peluso (2º Vice-Presidente).

Desta forma, a chapa será reeleita por aclamação no pleito do dia 7 de outubro de 2020 para o triênio 2021-2022-2023.