O América encara a Ponte Preta nesta terça-feira (22), às 21h30, no Independência, no jogo de volta pela quarta fase da Copa do Brasil, buscando retorno financeiro, pois quem se classificar garante uma cota de R$ 2,6 milhões, mas também histórico, pois no formato atual, usado desde 2013, pela primeira vez ele pode chegar às oitavas de final, próxima etapa da competição.

Messias zagueiro AméricaLivre da Covid-19, o zagueiro Messias reforça o América na decisão desta terça-feira, contra a Ponte Preta

Disputar as oitavas de final da Copa do Brasil não é algo inédito para o América. O clube já participou da fase em 1998, quando foi eliminado pelo Sport, e em 2018, quando caiu diante do Palmeiras.

Mas a última participação, há dois anos, aconteceu porque o Coelho já entrou na competição nas oitavas, como campeão da Série B do ano anterior.

Nas seis edições, com a fórmula atual, que disputou desde a primeira fase (2013 a 2017 e 2019), como acontece em 2020, o máximo que o América tinha alcançado era a terceira fase, em 2013, quando foi eliminado pelo Internacional.

Vitória

América e Ponte Preta empataram o primeiro jogo entre eles, na última quarta-feira, em Campinas, por 2 a 2. Assim, quem vencer nesta terça-feira se classifica. Empate por qualquer placar leva a decisão para os pênaltis.

Neste ano, o sorteio para a definição dos confrontos nas oitavas de final será diferente, com os 16 clubes no mesmo pote.

Até 2019, quem entrava direto nesta etapa, por jogar a Copa Libertadores, ficava no pote 1.

Já estão garantidos nas oitavas da Copa do Brasilos seguintes clubes: Flamengo, Athletico-PR, Santos, Palmeiras, São Paulo, Grêmio, Internacional e Corinthians, que jogam a Libertadores, mais Bragantino (campeão da Série B 2019), Fortaleza (campeão da Copa do Nordeste 2019) e Cuiabá (campeão da Copa Verde 2019).

Retorno

Diagnosticados com Covid-19 na última semana, os zagueiros Messias e Eduardo Bauermann, que foram a dupla titular do América, ficaram de fora da partida de ida, na última quarta-feira, em Campinas, mas com exames negativos retornam ao time hoje

A FICHA DO JOGO

AMÉRICA
Matheus Cavichioli; Daniel Borges, Messias, Eduardo Bauermann e João Paulo (Sávio); Zé Ricardo e Juninho; Léo Passos, Alê e Marcelo Toscano; Rodolfo. Técnico: Lisca

PONTE PRETA
Ivan; Apodi, Wellington Carvalho, Alisson e Guilherme Lazaroni; Bruno Reis, Luís Oyama e João Paulo; Moisés (Luan Dias), Matheus Peixoto e Bruno Rodrigues. Técnico: João Brigatti

DATA: 22 de setembro de 2020
ESTÁDIO: Independência
CIDADE: Belo Horizonte
MOTIVO: Jogo de volta da 4ª fase da Copa do Brasil
ARBITRAGEM: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES), auxiliado por Fabiano da Silva Ramires (ES) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)
TRANSMISSÃO: SporTV