O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, se manifestou sobre o momento ruim do time na temporada.

Em uma publicação nas redes sociais, na manhã desta quinta-feira (3), o mandatário da Raposa afirmou que compreende o descontentamento do torcedor, mas garantiu empenho para melhorar a situação do time celeste.

"A diretoria segue alerta e trabalhando muito. Entendemos o momento e também a insatisfação. Podem estar seguros que faremos o que for necessário par tirar o Clube da situação que se encontra, dentro e fora de campo", disse Sérgio Santos Rodrigues.

Com a derrota por 1 a 0 para o Brasil-RS, na última quarta, em Pelotas, pela 7ª rodada da Série B, a equipe estrelada chegou ao quinto jogo consecutivo sem vitória, sendo quatro pelo Brasileiro e um pela Copa do Brasil.

De quebra, o revés no Sul fez com que o time comandado pelo técnico Enderson Moreira caísse para a 16ª colocação na tabela de classificação.

Com quatro pontos, a Raposa tem a mesma pontuação do Guarani, que abre a zona de rebaixamento, e só não está no Z-4 porque tem mais vitórias que o Bugre (3 a 1).

A principal cobrança dos torcedores é em relação ao trabalho da comissão técnica liderada por Enderson. Além dos resultados ruins, o desempenho da equipe nos jogos vem sendo muito questionado. 

Após a derrota por 2 a 1 para o América, no último sábado, o principal investidor do clube pediu publicamente a demissão do treinador.

No dia seguinte, em uma carta encaminhada aos conselheiros do clube, Sérgio Santos Rodrigues garantiu a permanência do técnico no cargo.

Pressionado, o Cruzeiro vai buscar a reabilitação na Série B na próxima segunda (7), quando vai enfrentar o CRB, às 20h, no Mineirão, pela 8ª rodada do torneio.