Uma vitória para dar moral e para começar com o pé-direito o Campeonato Brasileiro. Este é o resultado do triunfo do Atlético, por 1 a 0, sobre o Flamengo, atual campeão, em pleno Maracanã. Além disso, um baita presente para os pais atleticanos.

O placar, conquistado ainda no primeiro tempo, após gol contra do lateral-esquerdo Filipe Luís, estragou o debute do espanhol Domènec Torrent no comando do rubro-negro e manteve a invencibilidade do Galo na Era Sampaoli. Agora são seis jogos, com cinco vitórias e um empate.

Na próxima quarta-feira (12), o Galo recebe o Corinthians, às 19h15, no Mineirão.

O jogo

Num primeiro tempo em que o  Flamengo teve 70% de bola, o Atlético contou com a sorte para abrir o placar no Maracanã, após gol contra do aniversariante Filipe Luís, lateral-esquerdo do atual campeão da competição mais importante do país.

Cabe destacar a ousadia de Sampaoli. Ao contrário do que se esperava, o comandante argentino apostou no esquema com três zagueiros e fez mudanças importantes no time, em relação ao que estava mostrando no Campeonato Mineiro. Além da entrada de Gabriel, na vaga de Réver, Marquinhos foi acionado na vaga de Keno, Marrony se juntou aos suplentes e Guga ganhou a titularidade.

A tônica dos primeiros 45 minutos foi com os donos da casa pressionando, chegando com velocidade e, mesmo com alguns sustos na defesa, também com os visitantes tendo a chances de ampliar o marcador; Savarino, livre, parou em Diego Alves e desperdiçou a melhor delas. Faltando sete minutos para o fim, Jair foi acionado na vaga do amarelado Gabriel.

Segundo tempo

Com as mesmas formações que terminaram a primeira etapa, Flamengo e Atlético voltaram para a etapa complementar. Precisando buscar o resultado, logo em sua estreia, o técnico Domènec Torrent, espanhol que substitui Jorge Jesus no rubro-negro, mandou o time ir para cima dos mineiros.

Mais organizado, o Atlético criou oportunidades, evitou novos sustos lá atrás e, conseguiu segurar a importante vitória. Os dois treinadores queimaram as substituições, mas Sampaoli levou a melhor no apito final de Raphael Claus.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 X 1 ATLÉTICO

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: Domingo, 09/08/2020
Horário: 16 horas (Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli-SP e Anderson José de Moraes Coelho-SP
VAR: Thiago Duarte Peixoto-SP

Cartões amarelos: Jorge Sampaoli, Gabriel (Atlético); Bruno Henrique, Pedro (Fla)

Gols: ATLÉTICO: Filipe Luís (contra), aos 23 min do 1º tempo

FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gérson (Vitinho) e Arrascaeta (Pedro); Everton Ribeiro (Michael), Gabigol e Bruno Henrique
Técnico: Domènec Torrent

ATLÉTICO: Rafael, Guga, Gabriel (Jair), Igor Rabello, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Alan Franco (Hyoran) e Nathan (Keno); Savarino (Bueno) e Marquinhos (Marrony)
Técnico: Jorge Sampaoli