Começar o Brasileirão deste ano com o mesmo sucesso em que terminou a competição em 2019, é a grande missão de Jorge Sampaoli, técnico do Atlético. Vice-campeão pelo Santos, na temporada passada, ele enfrentará o mesmo adversário da rodada final, que marcou também seu último jogo pela equipe paulista. Neste domingo (9), o Galo encara o Flamengo, atual detentor do título, no Maracanã; a partida está marcada para às 16h.

Em 8 de dezembro, o comandante argentino viu seus jogadores aplicarem um 4 a 0 no rubro-negro – o Flamengo já era campeão naquele momento – e ratificarem a segunda colocação na competição mais importante do país. Com 74 pontos, mesma pontuação do Palmeiras, terceiro, o Peixe se deu melhor no número de vitórias: 22 x 21.

Com sete reforços trazidos pela diretoria do Galo, Sampaoli começa a dar cara ao milionário elenco atleticano. Contudo, com apenas cinco partidas disputadas (4 vitórias e um empate), todas pelo Campeonato Mineiro, ele sabe que terá que fazer muito mais para superar o Urubu no Rio de Janeiro.

"Teremos que crescer muito para esta competição (Campeonato Brasileiro), pois temos uma equipe jovem, que terá que assimilar o peso da competição que vem agora. Temos que alcançar a maturidade que a equipe ainda não alcançou, a curto prazo", disse Sampaoli após a vitória por 3 a 0 sobre o América, na última quarta (5).

"Como digo, acho um torneio muito difícil, que conheço desde o ano passado. Temos que estar atentos a cada jogo. No domingo, jogaremos com um rival que, no ano passado, ganhou tudo. É um torneio muito mais complicado para nós. Com a equipe jovem que temos hoje, vamos ter que nos organizar rapidamente", finalizou.

Para o duelo deste domingo, o argentino terá força máxima no Maracanã. Ele só não contará com Diego Tardelli, que só volta em 2021, e com Gustavo Blanco, que segue em fase final de recuperação de uma lesão no quadril.

Em 2019, o Atlético venceu o Flamengo por 2 a 1, no Independêcia, quando os cariocas eram comandados por Abel Braga, e perdeu por 3 a 1 no Maraca, quando Jesus já era o treinador. Nas duas oportunidades, Rodrigo Santana era o 'dono da prancheta' no alvinegro.

Flamengo

Já o Flamengo, atual campeão brasileiro, também quer começar com o pé direito a competição mais importante do país. O jogo, inclusive, marcará a estreia do técnico espanhol Domènec Torrent, ex-auxiliar de Pep Guardiola. Ele substituiu o “Mister Jorge Jesus”, que acertou a ida para o Benfica, de Portugal.

Para encarar o Galo, o novo comandante rubro-negro também terá todos os atletas à disposição. O lateral-direito Rafinha, que era dúvida, treinou normalmente com o elenco e a presença é dada como certa.

Ficha Técnica:
Flamengo x Atlético

Motivo: 1ª rodada do Campeonato Brasileiro Assaí 2020
Data: 09 de agosto (domingo)
Horário: 16h
Local: Maracanã, Rio de Janeiro

Arbitragem: Raphael Claus (FIFA), auxiliado por Daniel Paulo Ziolli (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP). VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Transmissão: Globo, Sportv e Première

Flamengo: Diego Alves, Rafinha (João Lucas), Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel. Técnico: Domènec Torrent

Atlético: Rafael; Mariano, Junior Alonso, Réver, Guilherme Arana; Alan Franco (Jair), Allan, Nathan; Keno, Savarino e Marrony. Técnico Jorge Sampaoli