O Atlético apresentou neste domingo (19), por meio de uma live na TV Galo, no YouTube, a coleção do novo uniforme para a temporada 2020, assinada pela marca francesa Le Coq Sportif. (Confira as imagens abaixo).

A tradicional camisa do time traz as listras alvinegras, com vários detalhes no número nas costas, o escudo no lado esquerdo do peito, um galo em tons prateados no lado direito e, na parte interior direita, o número 1908, ano da fundação do clube. O uniforme 2 é branco, com detalhes semelhantes.

 

Goleiros

O traje de goleiros também foi apresentado. "Achei linda (a camisa), que traga grandes defesas e conquistas. Muito bem representado para levantar (o troféu d)o título do Brasileiro com essa camisa. Todas estão muito bonitas. Ela parece muito confortável, mais leve. Ficou maravilhosa", afirmou o goleiro Victor.

O 'santo' espera que o novo uniforme traga sorte ao time já no dia 26, domingo, contra o América, pelo Mineiro. "Esperamos colocar em prática tudo que temos trabalhado para o jogo do próximo fim de semana", disse.

 

Provocação

Durante a live, os cantores Felipe Hott e Gabi Martins, trajados com o uniforme 2 do Atlético, provocaram o Cruzeiro, utilizando as camisas 9 e 2, em alusão à maior goleada alvinegra sobre o rival, os 9 a 2, de 1927.

No começo da transmissão, os dois artistas cantaram o hino do Galo, o que rendeu comentários antagônicos. Uma grande parcela dos torcedores elogiou Gabi; por outro lado, alguns criticaram a presença da cantora, personagem principal de uma polêmica nos últimos dias.

Torcedores relembraram um vídeo em que Gabi canta o hino do Flamengo, um dos rivais da história do Atlético.

Atlético