O volante Henrique se pronunciou pela primeira vez após o acidente automobiístico que sofreu na estrada para Casa Branca, distrito de Brumadinho. O jogador, que caiu em um penhasco de 200 metros com o seu carro, agradeceu o carinho do torcedor, que rezou e mandou mensagens positivas neste momento complicado.

"Oi, pessoal. Estou aqui para agradecer todas as orações, todas as mensagens positivas, e dizer que foi um grande susto tudo o que aconteceu. Obrigado pelas orações, mensagens, logo, logo estaremos juntos novamente. Estou aquii me recuperando e logo estaremos juntos, tá? Deus abençoe vocês e retribua em dobro, tá? Um grande abraço e fiquem com Deus", disse em vídeo publicado no site do Cruzeiro.

Henrique ainda não treina na Toca II com os demais companheiros, mas já faz trabalhos físicos em casa sob supervisão do departamento médico e fisioterapeutas do clube.

O Cruzeiro divulgou nesta quarta-feira (8) um vídeo com exercícios físicos praticados por Henrique, que trabalha em casa e ganhou nos últimos dias a companhia do zagueiro Léo. A dupla, orientada pelo fisioterapeuta Ronner Bolognani, trablhou em uma espécie de circuito com atividades funcionais, como abdominais, prancha, exercícios com pesos e alteres. 

“Começamos essa semana com uma informação excelente. Henrique tem evoluído extremamente bem do trauma sofrido e está sendo auxiliado por profissionais do clube em sua casa, para que a recuperação aconteça com total controle, visto que o atleta ainda permanece com os pontos. Ele também está sendo acompanhado pelos médicos do Cruzeiro em relação às partes nutricional e física e por todos os companheiros de equipe, que esperam sua evolução completa para que ele volte a estar em campo com os demais jogadores”, ressaltou o médico Daniel Baumfeld, um dos responsáveis pelo acompanhamento de Henrique. 

Acidente

Henrique sofreu acidente de carro na tarde do dia 26 de junho. O veículo do jogador, um modelo Land Rover, caiu em um penhasco de 200 metros de altura, em uma estrada do distrito de Casa Branca, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O automóvel conduzido pelo jogador caiu em um local conhecido como Mirante do Jatobá. 

O volante foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros e ficou internado no Hospital Mater Dei, de onde recebeu alta na segunda-feira, dia 29 de junho. O jogador não sofreu lesões neurológicas ou ortopédicas, apenas escoriações. Isso por estar em um carro dotado de alta tecnologia de segurança.