cruzeiro, marcelo moreno, live

A nova ordem no futebol brasileiro é o uso das redes sociais como tentativa de diversificar receitas para movimentar o caixa dos clubes. E pensando dessa maneira o Cruzeiro prepara o que o chama de “Super Live”. Tal transmissão acontecerá na manhã desta sexta-feira (3) direto da Toca II e contará com a presença do presidente Sérgio Santos Rodrigues.

O conteúdo da transmissão ao vivo terá dois importantes pilares: o treino comandando pelo técnico Enderson Moreira e a “Live do Presidente”, que excepcionalmente mudou de dia para que fosse possível a realização desse evento, que começará às 9h, no YouTube oficial da Raposa.

Na conversa do presidente um assunto que preocupa o torcedor será tratado mais uma vez: a dívida do clube na FIFA. "Logo depois das atividades do plantel profissional, será a vez de Sérgio Santos Rodrigues e a sua live do presidente, trazendo assuntos importantes que envolvem o Cruzeiro e os mais de nove milhões de apaixonados pelo Clube, como as dívidas na FIFA e as possibilidades de contribuição que o torcedor terá para ajudar a Raposa", diz nota publicada no site do Cruzeiro.

A ideia do Cruzeiro é ter uma plataforma de doações para o torcedor ajudar na arrecadação de verba. Esse dinheiro poderá ser usado no pagamento de compromissos do clube. Dentre esses, a própria dívida na Fifa. Inclusive há uma parcela a vencer em 15 de julho no valor de aproximadamente R$ 11,8 milhões. Montante que trata-se de pendência pela compra do atacante Rafael Sóbis em 2016, no Tigres, do México. 

Arrecadação por meio de streaming

A ideia dessa transmissão ao vivo nasceu a partir de comentários no rádio e no Twitter. O presidente Sérgio Santos Rodrigues foi indagado por Matheus Aires, um torcedor do Cruzeiro, que comprometeu a doar R$ 100 caso houvesse uma live no treino da Raposa.

"Matheus, boa noite! Gentileza preparar a carteira pra essa sexta de manhã. Vou te cobrar ao vivo. Um abraço!”, respondeu Sérgio Rodrigues no Twitter. 

E Matheus mais uma vez se manifestou no microblog após o contato do presidente estrelado: "Aí sim, juntos ajudaremos o clube!”, comentou.

A ideia gerou engajamento entre os torcedores e alguns até se comprometeram a doar outras quantias. 

Ideia no rádio

Além da opinião do torcedor, na manhã da última quinta-feira no programa 98 Esportes, da Rádio 98 FM, o comentarista Edu Panzi abordou um possível jogo-treino entre o time principal do Atlético e a equipe de transição alvinegra (elenco sub-23). Mas a ideia rompeu os limites da rivalidade e foi adotada inicialmente pelo Cruzeiro. Não com um amistoso, até pelas restrições pela pandemia do coronavírus, mas com atividades comuns no centro de treinamento. 

Redes sociais e o futebol

Há algum tempo transmissões de jogos e eventos esportivos por meio das redes sociais atingem números expressivos de engajamento. Partidas da Copa Libertadores de 2019 e 2020, por exemplo, foram transmitidas via Facebook Watch, a plataforma de streaming do Facebook. 

O clássico entre Grêmio e Internacional pela fase de grupos da competição continental deste ano atingiu 2,1 milhões de acessos simultâneos antes da pandemia, um recorde em transmissões esportivas pelo Facebook. 

No Youtube na última quarta-feira o Flamengo atingiu outro pico histórico no esporte via streaming. O clube carioca, que disputa com a Globo uma batalha judicial por causa de transmissões esportivas, igualou os 2,1 milhões do GreNal, mas em outra plataforma com acessos simultâneos, na partida contra o Boa Vista pelo Campeonato Carioca. O Rubro-Negro ainda faturou alto com doações feitas por torcedores em valores entre R$ 1 e R$ 500.

Essa arrecadação, inclusive, inspirou o Cruzeiro, que também deve angariar recursos por meio da transmissão de seu treinamento nesta sexta-feira. Essa definição deve acontecer na tarde desta quinta-feira na sede administrativa do clube.