Reinaldo atacante Atlético

Reinaldo é o maior artilheiro do Atlético e do futebol mineiro no Maracanã, com dez gols marcados no estádio com a camisa alvinegra

O Atlético foi o primeiro clube mineiro a jogar no Maracanã e também o que por mais vezes atuou no estádio. Isso prova que a história do Galo no maior palco do futebol brasileiro vai muito além da alegria vivida lá em dezembro de 1971, ou da decepção em junho de 1980.

Em 15 de novembro de 1955, no aniversário de 60 anos do Flamengo, que este ano chega ao seu 125º aniversário, o clube carioca convidou o então tricampeão mineiro, que já estava na campanha do tetra, para a festa. Os donos da casa golearam por 4 a 0, naquele que não foi o único amistoso entre os dois clubes no estádio que entrou para a história.

jornal sobre amistoso entre Atlético e Flamengo em 1955 no Maracanã. Aniversário do clube carioca

A grande rivalidade entre atleticanos e flamenguistas nasceu num deles, pouco mais de um ano antes da final do Brasileirão de 1980. E foi no Maracanã, que em 6 de abril de 1979 recebeu 139.953 pagantes para um amistoso com renda revertida para as vítimas das enchentes no verão daquele ano. E a grande atração da partida era Pelé defendendo o clube carioca.

Foi o último jogo de Dario com a camisa atleticana. E a despedida foi amarga, pois o rubro-negro goleou por 5 a 1, de virada, num dia em que alguns jogadores do time carioca abusaram da firula, irritando os atleticanos, que viram desrespeito na atitude.

Isso, inclusive, provocou a presença de 115.142 pagantes em outro amistoso, disputado em 13 de fevereiro de 1980, quase quatro meses antes da final do Campeonato Brasileiro daquele ano, e vencido pelo Galo por 2 a 1. Este é o maior público de apenas uma torcida de Belo Horizonte no Gigante da Pampulha.

Curiosidades

A história atleticana no Maracanã tem um jogo contra a Seleção e outro diante do Corinthians. Em 1º de maio de 1966, na preparação do Brasil para a Copa do Mundo da Inglaterra, foi disputado um amistoso de um dos times de Vicente Feola contra o Atlético.

Esta foi a primeira partida de Tostão com a camisa amarela e ele marcou o segundo gol na goleada de 5 a 0 da Seleção. Pouco mais de três anos depois, Galo e Canarinho voltaram a se encontrar, mas no Mineirão, e a vitória foi atleticana, por 2 a 1.

Leia mais:

Maracanã 70 anos: risos e lágrimas mineiras em sete fatos históricos no estádio

Maracanã 70 anos: América teve a chance de mudar a sua história no estádio em 2018 e desperdiçou

Maracanã 70 anos: Cruzeiro garantiu no estádio passagem para final da Taça Brasil de 1966

No Brasileirão de 1999, o Corinthians tinha de cumprir pena imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e levou o jogo contra o Atlético, em 31 de outubro, pela 19ª rodada da primeira fase, para o Maracanã. E foi goleado por 4 a 0, com Robert, Guilherme (2) e Lincoln marcando os gols do Galo.

Números

Foram 96 jogos do Atlético no Maracanã, com 21 vitórias, 49 derrotas e 26 empates. O Galo marcou 109 gols e sofreu 156.

O maior goleador atleticano e do futebol mineiro no estádio é o centroavante Reinaldo, que balançou as redes do estádio dez vezes. Dois desses gols foram na derrota de 3 a 2 para o Flamengo na final de 1980, com ele sendo expulso após o segundo por comemorar fora de campo. Essa é uma das reclamações alvinegras contra o árbitro José de Assis Aragão. Depois do Rei, a lista alvinegra tem Éder e Lola, com quatro gols.