Após a saída de Patric, que defenderá o Sport, o Atlético passa a ter interesse no também lateral-direito Mariano, de 33 anos, que atualmente defende o Galatsaray, da Turquia, e já jogou no Galo, em 2008, no ano do centenário do clube. A informação é de Cláudio Rezende, da Rádio Itatiaia. O contrato dele com o clube turco vai até 30 de junho, qaundo termina a temporada europeia.

Com passagens por Ipatinga, Cruzeiro e Atlético, Mariano conseguiu destaque após deixar o futebol mineiro. Ele ganhou o Campeonato Brasileiro de 2010 defendendo o Fluminense, foi eleito o melhor da posição naquela Série A, chegou à Seleção e foi vendido para o futebol europeu.

Mariano lateral-direito AtléticoMariano teve passagem discreta pela Cidade do Galo em 2008, no ano do centenário atleticano

Antes do futebol turco, ele passou, sempre com estaque, pelo Bordeaux, da França, e pelo Sevilla, da Espanha.

Mariano é um jogador de muito potencial ofensivo e já trabalhou com Jorge Sampaoli, na temporada 2016/2017, no Sevilla.
Inclusive, no ano passado, quando o treinador ia chegar ao Santos, o lateral-direito fez elogios ao argentino em entrevistas à imprensa brasileira.

“Foi muito bom ter trabalhado com o Sampaoli. Foi uma experiência muito boa na minha carreira, pois ele é um grande treinador. Ele respeita muito os seus jogadores, é um cara aberto, que tenta ouvir e conversar com todos, um cara que se preocupa com o que o grupo tem a dizer.”, relatou Mariano em dezembro de 2018.

No ano passado, Sampaoli pediu a contratação de Mariano ao Santos, mas a negociação não avançou. Uma preocupação é o fato de Guga ser lateral-direito da Seleção Olímpica, o que pode provocar muitos desfalques nas partidas da equipe.

Patric

Em sua conta pessoal no Twitter, o presidente Sérgio Sette Câmara agradeceu ao jogador a sua dedicação nos anos em que esteve como jogador do Atlético.

Em três passagens pela Cidade do Galo, em 2011, de 2015 a 2017 e desde 2018, Patric fez 187 partidas e marcou 12 gols. Seu único título oficial é o Campeonato Mineiro de 2015.

Na volta do futebol, Patric passará a defender o Sport, onde ele já jogou em 2013 e 2014, inclusive com destaque, o que fez ele voltar ao Galo na temporada de 2015.

arte

CLIQUE PARA AMPLIAR