cruzeiro, são raimundo, roraima, arthur, cacá, edu, copa do brasil

 

Um lance ocorrido na partida entre São Raimundo, de Roraima, e Cruzeiro, na primeira fase da Copa do Brasil, viralizou na internet no dia 13 de fevereiro deste ano. Na ocasião, os jogadores da Raposa tentaram evitar a expulsão do volante Edu, aos 32 minutos do segundo tempo, enganando o juiz Alexandre Vargas Tavares de Jesus, do Rio de Janeiro. Mas essa tentativa não deu certo. 

A ideia, segundo o próprio idealizador dela, o zagueiro Arthur, surgiu após uma conversa com o seu companheiro de zaga Cacá no momento em que um "bolinho de jogadores" tanto do Cruzeiro quanto do São Raimundo se formou ao redor de Edu, que receberia outro cartão amarelo, e, consequentemente, o vermelho.

"Sabia que o Edu estava com caibrã, lá de trás eu falei com o Cacá que dava pra armar alguma coisa ali. Falei, vamos aproximar, cheguei perto e falei para o Edu que o Cacá iria cair e ele (Edu) ia levantar. Só que o Edu demorou para pegar, e na hora que o Cacá caiu e levantamos o Edu, o jogador falou (com a arbitragem) que a gente estava trocando (o atleta que deveria tomar o cartão vermelho). A ideia foi minha", disse Arthur em entrevista ao programa 98 Futebol Clube, na Rádio 98 FM.

Edu foi expulso ao levar o segundo cartão amarelo após falta feita em um adversário. Naquele momento os jogadores do Cruzeiro, quando o volante celeste estava no chão, tentaram fazer uma "parede" para que houvesse a troca de jogadores, no caso Edu levantaria para o Cacá ficar no lugar. Algo que rapidamente foi percebido pelo árbitro do jogo e a tentativa dos cruzeirenses foi frustrada.