A sexta rodada do Módulo I do Campeonato Mineiro tem um significado especial, pois ela determina a entrada na reta final da fase classificatória da competição, em que cada clube disputa 11 jogos. Este ano ela mostra ainda outra realidade: como o Estadual em 2020 tem um equilíbrio muito maior entre capital e interior numa comparação com o que aconteceu na última temporada.

Em 2019, após as seis primeiras rodadas, as equipes de Belo Horizonte estavam soberanas na classificação ocupando as três primeiras colocações. O adversário do interior mais próximo, o Boa Esporte, era quarto com 8 pontos, cinco a menos que o Atlético, o terceiro.

Rubens atacante TombenseO atacante Rubens, que comanda o ataque do Tombense e foi revelado pelo América, é um dos artilheiros do Campeonato Mineiro

O time de Varginha tinha um jogo a menos, contra a URT, mas quando pagou esta partida empatou, portanto, pode-se considerar de pelo menos quatro pontos a distância entre o pior da capital e o melhor do interior no Módulo I do ano passado.

Agora, a liderança do Campeonato Mineiro está nas mãos do interior, pois com os 2 a 0 sobre o Cruzeiro, na última quinta-feira (20), no Almeidão, em Tombos, o Tombense chegou aos mesmos 14 pontos do América, mas leva a melhor no saldo de gols (9 a 7).

Além disso, a Caldense é a terceira colocada, seguida pelo Atlético, único clube mineiro na Série A do Campeonato Brasileiro e que fecha o G-4 do Estadual. O renovado Cruzeiro, que não vence há três rodadas na competição e perdeu a sua invencibilidade em Tombos, tem os mesmos 11 pontos do maior rival, o Galo, mas leva a pior no segundo critério de desempate, que é o saldo de gols (6 a 3).

Decisões

Além do fim da supremacia da capital, outra mudança do Módulo I este ano é a classificação de apenas quatro equipes para a reta decisiva da competição – ano passado foram oito –. Isso faz com que a briga pelas semifinais esteja praticamente restrita aos cinco primeiros colocados e até o final da etapa todas as rodadas terão um confronto direto entre eles.

Os cinco primeiros colocados do Campeonato Mineiro fazem ainda duas partidas, cada, contra concorrentes pelo G-4. O América disputa os dois jogos contra mandante, mas um deles é o clássico contra o Atlético. O Cruzeiro vive situação inversa, pois será visitante nas duas partidas, uma delas também contra o Galo.

Até agora, já aconteceram cinco confrontos, com cada clube entrando em campo duas vezes. Neste Campeonato do G-5 do Estadual, Tombense e Caldense foram os únicos a vencer, pois ganharam de Cruzeiro e Atlético, respectivamente, e somam quatro pontos.

O América empatou seus dois jogos e tem dois. As últimas posições são de Atlético e Cruzeiro, com um empate e um ponto somado.
As seis primeiras rodadas do Módulo I do Campeonato Mineiro mostram de forma fiel que a competição está mesmo vivendo uma nova realidade em 2020.