Campeão da Copa Brasil, líder da Superliga e maior vencedor do torneio. Assim chega o Sada/Cruzeiro para a disputa do Campeonato Sul-Americano de Clubes, que começa hoje e será disputada no Ginásio do Riacho, em Contagem. 

Em busca do heptacampeonato, o time de Marcelo Mendez vive grande fase. São 11 vitórias consecutivas no torneio nacional e vários atletas estão num bom momento. Criticado na última temporada, o levantador Cachopa vem colecionando boas atuações. Melhor em quadra na partida diante do Vôlei/Renata - última da equipe antes do desafio internacional - o ponteiro Facundo Conte também é destaque. 

a

Brasileiros e argentinos são os favoritos ao título. Atual campeão da Superliga, o Funvic/Taubaté é o outro representante nacional. Do lado argentino, jogam Bolívar e UPCN.

Vencedor da edição de 2010, o Bolívar chega a Contagem com o moral elevado. Na Liga de Voleibol Argentina (LVA), o clube comandado pelo ex-levantador Weber é líder invicto, com 15 vitórias. Vale ficar de olho no oposto cubano Jesus Herrera Jaime, melhor sacador e maior pontuador do torneio.

Já o UPCN, campeão em 2013 e 2015, não vive seu melhor momento na competição doméstica. Conhecida por incomodar no Sul-Americano, a equipe de San Juan é apenas a quinta colocada, com oito vitórias e sete derrotas.

a

*Sob supervisão de Alexandre Simões