O América está pronto para a estreia na Copa do Brasil. O Coelho já está em Macapá, para enfrentar o Santos-AP, às 20h30, no estádio Zerão, em duelo válido pela primeira fase do torneio.

A partida no Amapá vai ser a primeira do técnico Lisca no comando do Alviverde. Contratado na semana passada, em substituição a Felipe Conceição, que se transferiu para o Red Bull Bragantino, o treinador teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário da CBF (BID) e está apto para dirigir o time à beira do gramado.

Para o duelo desta quarta, dois jogadores têm a presença incerta. O zagueiro Lucas Kal e o meia-atacante Matheusinho, que foram substituídos durante a vitória por 3 a 0 sobre o Uberlândia, no último sábado, no Independência, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro, com dores no tornozelo, não estão garantidos para o duelo com o Santos-AP.

Caso sejam vetados para o confronto, a tendência é de que Joseph entre na zaga, e Ademir assuma a vaga no ataque.

O restante da equipe deve ser o mesmo que vem atuando nos primeiros jogos do Estadual. 

Lisca América

Estreia do rival

A partida desta quarta vai ser a primeira do Santos-AP em 2020. O último jogo do Peixe da Amazônia foi no dia 14 de agosto do ano passado, quando empatou em 1 a 1 com o Bragantino-PA, pelas oitavas de final da Copa Verde, resultado que eliminou a equipe amapaense da competição.

O grande destaque do Santos-AP é o técnico Edson Porto, que comandou o time no título do Estadual em 2019 e renovou o seu contrato para mais uma temporada.

FICHA DO JOGO

Motivo: Primeira fase da Copa do Brasil

Estádio: Zerão, em Macapá

Data: 5 de fevereiro (quarta)

Horário: 20h30

Arbitragem: Zandick Gondim Alves Júnior, auxiliado por Vinicius Melo de Lima-RN e Luis Carlos de França Costa, trio do Rio Grande do Norte

 

SANTOS-AP

Pezão; Romano, Matheus, Preto Barcarena e Batata; Ramon, Denilson e Victor Dourado; Danilo Peixe, Belém e Jair Marabaixo. Técnico: Edson Porto

 

AMÉRICA

Airton; Leandro Silva, Joseph (Lucas Kal), Eduardo Bauermann, Sávio; Juninho, Zé Ricardo e Alê; Felipe Augusto, Matheusinho (Ademir), Rodolfo. Técnico: Lisca