A vitória do Cruzeiro por 4 a 2 sobre o Tupynambás, na noite deste domingo (2), no estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora, significou mais que os três pontos na tabela e a liderança do Campeonato Mineiro com um jogo a menos. O triunfo sobre o Baeta foi o 100ª do técnico Adilson Batista no comando da Raposa. Em sua segunda passagem pelo clube estrelado – a primeira ocorreu entre 2008 e 2010 - Adilson acumulou o jogo de número 176 à frente do time celeste.

Após o importante resultado, que veio depois de o time inverter um placar de 2 a 0, o treinador vibrou com a marca.

“Em relação às 100 vitórias, eu fico contente. É muito legal para todo profissional (esse feito).  A gente espera ter uma caminhada grande ainda. Uma caminhada árdua e longa. Espero cumprir meus objetivos dentro do clube neste ano. Foi importante (a vitória), e agradeço os meninos”, completou o treinador.

Adilson Batista Cruzeiro

Poderio ofensivo

O comandante da Raposa também destacou o poderio ofensivo da Raposa no duelo deste domingo, fazendo referência até mesmo a um dos maiores ídolos da história do clube, que visitou os jogadores no último sábado.

“Foi inspiração o Dirceu Lopes para este jogo. Aquele baixinho era fera demais. Foi um volume grande, muito intenso, eles (jogadores do Cruzeiro) são muito rápidos, trabalham bem a bola. Estou muito feliz com a movimentação. É importante reagir, alguns jogadores que erraram tiveram personalidade para continuar jogando”, disse.

Adilson também destacou que o placar poderia ter sido ainda mais elástico, caso o time celeste tivesse aproveitado melhor as chances criadas.

"Demos ênfase na parte ofensiva. Temos que caprichar no último terço. Criamos várias situações para fazer o quinto, o sexto gol. Tivemos um volume muito bom", comentou. 

Na liderança do Campeonato Mineiro, com nove pontos em três jogos – com uma partida a menos que o vice-líder Atlético –, o Cruzeiro agora volta o foco para o clássico contra o América, marcado para o próximo domingo (9), às 16h, no Mineirão, pela quinta rodada do Estadual.