Enquanto esboça a equipe para a estreia no Campeonato Mineiro, na terça-feira (21), contra o Uberlândia, o técnico Rafael Dudamel analisa as condições de seus goleiros. Victor, considerado irretocável pelo venezuelano, desde que esteja 100% da sua forma física e técnica, segue se preparando, mas não tem vaga garantida para o duelo no Triângulo Mineiro.

Aos 36 anos e recuperado de um edema no joelho, que o tirou por mais de 100 dias de ação no ano passado, o "santo" dos atleticanos tem recebido tratamento especial neste período de pré-temporada e, passando mais tempo na academia do que no campo, pode iniciar 2020 no banco de reservas. Caso isso se confirme, o reserva imediato Michael, de 24 anos, deve ser acionado para iniciar entre os onze. Fernando, outro prata da casa, corre por fora nesta briga.

"Vamos analisar esta situação (quem será o titular do gol do Atlético) de forma especial. Entendemos que o clube precisa de movimento de jogadores, porque o Atlético tem que projetar sempre o seu patrimônio. O Atlético tem que vender jogadores todo ano. Disso, se encarrega o nosso diretor esportivo. Temos Victor, Michael, Fernando e o Matheus com projeção também e quatro goleiros em etapas diferentes em suas carreiras. Estamos garantidos. O mais importante é que eles possam estar sãos, bem preparados e atuar com a melhor competência em sua posição", comenta Dudamel, que ainda abordou a possível ida de Cleiton para o Red Bull Bragantino.

Servindo a Seleção Brasileira que disputa o Pré-Olímpico, o catarinense pode ser anunciado pelo time paulista a qualquer momento. Nos bastidores, inclusive, se fala que o martelo está próximo de ser batido.

"O Victor e sua história são indiscutíveis. Ele está fazendo um grande esforço para estar bem e, quando decidirmos, ele vai jogar. Hoje, estamos tomando em consideração cada detalhe para formar uma equipe titular. O Victor já está treinando com a equipe e com normalidade. Nos primeiros quatro dias da pré-temporada ele ficou com o fisioterapeuta para um trabalho introdutório e de fortalecimento. Ele deve ir fortalecendo sua musculatura para poder desfrutar no campo e trabalhar no campo. Não quero acelerar a boa preparação do Victor", finaliza.