O atacante Fred deve ser mais um a deixar o Cruzeiro. Com um dos maiores salários do atual elenco, o jogador negocia nas últimas semanas um acordo com a atual diretoria para definir o seu futuro na Raposa.

Entretanto, segundo o presidente do conselho gestor do clube estrelado, Saulo Fróes, a tendência é de que o centroavante não faça parte da equipe celeste em 2020.

"Infelizmente, na nossa opinião, o Fred está irredutível. Na nossa avaliação, ele não deve permanecer. Não houve interesse dele em reduzir o salário. Por enquanto, não apareceu nenhum clube, então vamos resolver a situação dele", afirmou Fróes, no evento de lançamento do evento "Melhores do Mineiro", promovido pela Rede Globo, nesta quinta-feira (16), no Minas Tênis Clube.

De acordo com o dirigente, mais uma reunião com o staff do jogador deve ocorrer nos próximos dias para selar o destino do atacante.

Com duas passagens pelo Cruzeiro, Fred acumula 140 jogos e 81 gols pela Raposa. O jogador ainda é pivô de um imbróglio na Justiça envolvendo uma cobrança do Atlético  - ex-clube do atacante - que afirma que tem direito a receber R$10 milhões pela transferência do atacante para o Cruzeiro, no final de 2017, em função de cláusula prevista no contrato do atleta com o Alvinegro.

Saulo Fróes Cruzeiro