Um desafio diferente movimentou o Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, com a segunda edição do Campeonato Double Kart, que reuniu 11 equipes e 50 participantes. O regulamento da competição prevê uma disputa com karts de diferentes categorias disputando posições ao mesmo tempo na pista. Para cada equipe foram sorteados três karts, sendo dois karts light de 13 HP – que pode chegar à média de 80 km/h – e um Super Kart de 18 HP, mais rápido, chegando aos 90km/h.

A programação do evento foi aberta na secretaria do Kartódromo, quando os líderes das equipes receberam os bonés personalizados entregues a todos os integrantes. Em seguida os organizadores e comissários de pista deram início ao briefing, repassando todo o regulamento, pontuando as regras e responsabilidades das equipes. Em seguida, houve o sorteio dos karts que definiu o grid de largada – eles já estavam posicionados na pista na ordem de partida.  

A construção deste campeonato foi disposta com karts de diferentes categorias disputando posições na mesma corrida. Para cada equipe foram sorteados três karts, sendo dois karts light de 13 HP, que podem pode chegar à média de 80 km/h e um Super Kart de 18 HP, que se trata de um kart mais rápido, chegando até 90 km/h aproximadamente.

A largada, com os 33 karts, foi organizada em fila dupla, e após duas voltas completas na pista, a bandeira verde amarela foi agitada, iniciando um ritmo de aceleração intensa. Como esperado, os Super Karts tomaram a frente da competição e logo começaram a dar voltas nos modelos Light. Já aí ficava impossível identificar quem liderava.

Durante a prova, todas as equipes precisavam manter os três karts na competição, parando somente para trocar o kart, o piloto e/ou abastecer. A quantidade máxima de paradas ficou a cargo das equipes, sendo obrigatórias somente duas paradas de no mínimo 4 minutos cada. As equipes que não se atentaram para o tempo de parada foram desclassificadas, como foi o caso da equipe Soasur/Ultraluz, por 12 segundos de diferença.

Ao longo das duas horas de duração da competição, foi necessário extrema observação tanto das equipes quanto da organização do campeonato, pois a essa altura, os karts dominavam toda a extensão da pista e qualquer movimento em vão poderia contar pontos para as equipes. Agitada a bandeira quadriculada, o piloto a cruzar a linha de chegada foi da Equipe Fanáticos, porém, ainda era necessário fazer a somatória de pontos baseada no desenvolvimento individual dos pilotos, paradas obrigatórias e descarte.

Contas feitas, a grande campeã do Double Kart 2019 foi a Equipe EVO, que manteve sua sequencia de vitórias no RBC Racing, com o tetracampeonato dos 210 KM RBC e atual campeã da corrida de 6 horas realizada no tradicionalmente em setembro. Após a entrega dos troféus, houve confraternização entre os pilotos e a merecida festa dos campeões.