Com o gol marcado na vitória por 1 a 0 sobre o Vila Nova-GO, o meia Renan Oliveira ajudou a recolocar o América na liderança provisória da Série B do Brasileirão e ainda se isolou como artilheiro do clube nesta temporada.

Os números, no entanto, evidenciam o equilíbrio e a divisão da responsabilidade entre os jogadores ofensivos do Coelho. O armador chegou apenas ao sétimo gol neste ano, cinco deles na Segundona.

O time alviverde não possui representantes na disputa direta pela artilharia, liderada atualmente por Tiago Marques (Juventude) e Jonatas Belusso (Londrina), com 11 gols cada.

Por outro lado, 13 atletas do elenco americano já superaram os goleiros adversários em 25 rodadas disputadas até o momento.

Boa fase

Os principais goleadores da equipe mineira no campeonato são o atacante Luan e o meia Ruy. Cada um deles balançou a rede seis vezes na Série B, seguidos de perto por Renan Oliveira e o centroavante Bill, empatados com cinco.

Luan e Renan, coincidentemente, vêm se destacando com mais evidência neste quesito entre o término do primeiro turno e o início do segundo. No período, o técnico Enderson Moreira não pôde contar em diversas ocasiões com Ruy e Bill, por motivos de lesão e suspensão, respectivamente.

Antes de garantir a vitória sobre o Tigre goiano, Renan havia marcado três vezes de maneira consecutiva, diante de Luverdense, Brasil de Pelotas e Paraná, entre a 16ª e a 18ª rodadas.

Já Luan entrara na briga pela artilharia do time ao anotar quatro gols em sete jogos, entre a 17ª e a 23ª rodadas, contra Figueirense, Londrina, Goiás e Paysandu.

Confronto direto

A expectativa, agora, é que o faro e o entrosamento sigam apurados no duelo pela liderança, contra o Internacional, na próxima quarta-feira (27).

“É bom ouvir elogios, sinal de que o trabalho está sendo reconhecido e bem feito. Mostramos durante os jogos que a equipe está evoluindo bastante e que temos um elenco de qualidade. Queremos manter essa pegada”, declarou o herói da vitória.