Fernando Alonso não conteve as lágrimas no pódio neste domingo. Após vencer o tumultuado GP da Europa, no circuito de rua de Valência, o espanhol comemorou o segundo triunfo do ano perto da torcida, ainda na pista, e deixou se levar pela empolgação dos compatriotas nas arquibancadas.

"Acho que esta foi minha melhor vitória em termos de emoção", afirmou o piloto da Ferrari, novo líder do campeonato. "Aqui [no pódio], agora, junto com a disputa da Eurocopa, e toda a torcida, estou me sentindo muito orgulhoso de ser espanhol neste momento" - a Espanha se classificou para as semifinais da Euro ao vencer a França no sábado.

Para Alonso, sua força de vontade foi determinante para a inesperada vitória. "Você nunca pode se render, porque tudo pode acontecer, principalmente na Fórmula 1. Tem o carro, a estratégia, as ultrapassagens, as manobras", afirmou, ao enumerar as variáveis do esporte.

O espanhol chegou à vitória neste domingo com uma grande performance, principalmente na largada, e com uma "ajuda" dos rivais que abandonaram a corrida, como o alemão Sebastian Vettel, então líder da prova.

"Hoje tivemos uma largada espetacular e uma corrida incrível", comemorou, após mostrar certo desânimo no sábado, por causa do fraco aproveitamento da Ferrari. "Esporte é isso aí, são altos e baixos. Ontem, tivemos um momento triste, mas nunca podemos desistir. Hoje tivemos todos os fatores a nosso favor, inclusive a sorte".