O árbitro Flávio Rodrigues Guerra foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com um gancho de 100 dias de suspensão e multa de R$ 1 mil por erro na partida entre Corinthians e Santos, pelo Campeonato Brasileiro. No jogo válido pela 27ª rodada, em que o Corinthians venceu o Santos por 2 a 0, o juiz expulsou equivocadamente o zagueiro David Braz.

Flávio Rodrigues Guerra foi denunciado por dupla infração ao dar o cartão vermelho a David Braz, do clube santista. Em decisão unânime dos auditores do STJD, o árbitro foi suspenso e só deverá voltar a apitar em março de 2016. Ainda cabe recurso.

No lance que motivou a punição ao árbitro, Vagner Love foi derrubado dentro da área pelo lateral Zeca, do Santos. Flávio Rodrigues ficou indeciso no lance e precisou recorrer ao assistente para marcar a penalidade. Após a marcação, contudo, confundiu os jogadores e deu o vermelho para David Braz, ao invés de expulsar Zeca.

O lance polêmico e a decisão equivocada da arbitragem causaram tumulto dentro de campo, entre jogadores e comissão técnica das duas equipes. Ao fim da partida, o Santos não poupou críticas ao árbitro, cobrando medidas da CBF. Julgado pelo STJD, David Braz foi inocentado por provas de vídeo.

O árbitro, por sua vez, foi denunciado no artigo 266 ("Deixar de relatar as ocorrências disciplinares da partida, prova ou equivalente, ou fazê-lo de modo a impossibilitar ou dificultar a punição de infratores, deturpar os fatos ocorridos ou fazer constar fatos que não tenha presenciado") por ter narrado na súmula que expulsara Braz porque ele teria reclamado de forma ofensiva contra sua decisão.