A três rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, o São Paulo conseguiu entrar na parte da tabela que tinha como meta. O time bateu o Atlético nesta quinta-feira no Morumbi por 4 a 2, voltou ao quarto lugar e os jogadores deixaram o estádio aliviados e com o discurso de que, nos compromissos restantes, restará manter a posição para conseguir salvar o ano do clube com a classificação para a Copa Libertadores.

O São Paulo subiu uma posição graças ao empate entre Santos e Flamengo por 0 a 0 na Vila Belmiro. Agora o time do Morumbi tem apenas um ponto a mais do que o rival paulista. "Ganhar do Atlético foi muito importante para a gente alcançar a tão sonhada vaga no G4. Hoje estamos de parabéns, foi um jogo difícil, corrido, mas saímos vitoriosos", destacou o goleiro Dênis.

A vitória de virada, com todos os gols no segundo tempo, ainda ajudou o Corinthians a ser campeão brasileiro em 2015. O rival, aliás, é o próximo adversário do São Paulo, no domingo, no Itaquerão. O clássico será disputado em condições inusitadas, com os donos da casa já campeões, embora o time do Morumbi descarte ser afetado de alguma forma por isso. "Independente do resultado, ninguém se importou com o Corinthians hoje. Pensamos só nosso clube. Precisamos dos três pontos, mesmo que lá seja difícil", afirmou o goleiro.

Nas três rodadas que restam, fora o Corinthians, o São Paulo tem pela frente dois times que lutam para fugir do rebaixamento. O compromisso seguinte é com o Figueirense, no Morumbi, e depois, no encerramento, a equipe joga com o Goiás, no Serra Dourada.

"Nosso objetivo é a Libertadores. Temos que continuar trabalhando e lutando com seriedade. Compromissados com o clube, para alcançar a classificação", disse o atacante Alan Kardec, autor de dois gols na vitória.