Camisa 10 do Coritiba na campanha do título brasileiro de 1985, quando o clube paranaense alcançou o maior feito de sua história, o ex-meia Toby sofreu um infarto fulminante na madrugada desta terça-feira e acabou morrendo. Dorival Mateus da Costa tinha 53 anos de idade e será velado no estádio Couto Pereira, a partir das 12h30 desta terça, quando receberá as últimas homenagens como ídolo do time.

Toby iniciou a sua trajetória pelo Coritiba em 1978, depois de curiosamente ter a sua contratação indicada por um pedreiro que fazia reparos no estádio do clube. Paranaense nascido na cidade de Uraí, ele estreou no profissional do time em 1979, quando foi colocado em campo pelo técnico Ênio Andrade nos minutos finais de uma partida contra o União Bandeirante, pelo Estadual que depois a equipe conquistaria naquele ano, quando então levantou sua primeira taça pelo clube.

Depois disso, Toby chegou a ser emprestado ao Cruzeiro e também ao Operário de Ponta Grossa, para em seguida voltar ao Coritiba e ajudar o time a ser campeão brasileiro em 1985. O meio-campista marcou apenas um gol naquela campanha vitoriosa do título nacional, em uma vitória sobre o São Paulo, em 27 de janeiro, mas ele foi o atleta que mais vezes defendeu o time naquele Brasileirão e ainda sofreu a falta que originou o gol de Índio naquela improvável final contra o Bangu.

Ao todo, Toby disputou 128 jogos oficiais pelo Coritiba e, curiosamente, depois foi defender justamente o Bangu, batido nos pênaltis na final do Brasileiro de 1985, no Maracanã, após empate por 1 a 1 no tempo normal. Ele atuou pela equipe carioca em quatro temporadas e na sua carreira ainda jogou por Vitória, da Bahia, Juventus, de Jaraguá do Sul, Iraty e Sinop.

Por meio de nota em seu site, o Coritiba decretou luto oficial de três dias em homenagem a "este grande nome da história coxa-branca" e lamentou a "enorme perda" sofrida com a morte de Toby. "A diretoria administrativa coxa-branca, em nome de atletas, comissão técnica e corpo funcional, transmite suas condolências à família. Obrigado, Toby, pela dedicação ao Coritiba Foot Ball Club", afirmou o clube, na mesma semana em que o time fará partida decisiva contra o líder Corinthians, no próximo final de semana, em São Paulo, na luta para se livrar do rebaixamento à Série B.