O espanhol Dani Pedrosa até se aproximou, mas não conseguiu desbancar o compatriota Jorge Lorenzo no segundo treino livre da etapa da Malásia da MotoGP, nesta sexta-feira. Vice-líder do campeonato, Lorenzo foi o mais rápido do dia no Circuito de Sepang, que receberá a penúltima corrida da temporada neste fim de semana.

Lorenzo dominou as duas sessões desta sexta-feira. No primeiro, marcou 2min00s622. Na sequência, o piloto da Yamaha anotou 2min00s246. Pedrosa também evoluiu ao longo do dia, passando de 2min00s412 para 2min00s293, mas foi insuficiente para superar o compatriota, que ainda sonha com o título.

Lorenzo ocupa o segundo lugar do Mundial, com 11 pontos de desvantagem para o líder Valentino Rossi. E tenta tirar vantagem do momento irregular do italiano para alcançar a primeira colocação geral. Rossi vem de um quarto lugar na etapa anterior e, nesta sexta, manteve o ritmo. Foi apenas o quinto mais veloz do dia.

Dos oito pilotos mais rápidos desta sexta, o líder da temporada foi o único a regredir em comparação ao primeiro treino livre. O piloto da Yamaha registrou o tempo de 2min00s915 na sessão de abertura do dia e, em seguida, foi quase meio segundo mais lento. Não passou de 2min01s305 após perder tempo com problemas nos boxes.

Fora da briga pelo título, o espanhol Marc Márquez foi o terceiro mais rápido do dia, com 2min00s472. Vencedor da corrida de 2014, ele abrira a sexta-feira com 2min00s736. Márquez tenta manter o embalo, após vencer a última etapa, para ao menos terminar o campeonato próximo dos líderes. Ele tem agora 222 pontos, contra 296 de Rossi e 285 de Lorenzo.

O Top 10 desta sexta-feira teve ainda o italiano Andrea Iannone no quarto lugar, e o britânico Cal Crutchlow no sexto posto, seguido do espanhol Aleix Espargaró, do italiano Andrea Dovizioso, do britânico Scott Redding e do italiano Danilo Petrucci.