O espanhol Rafael Nadal segue firme na busca por seu quinto título do Masters 1000 de Madri. Em casa, diante de sua torcida, o número 4 do mundo não teve qualquer dificuldade para avançar às quartas de final nesta quinta-feira (7), com a vitória por 2 sets a 0 sobre o italiano Simone Bolelli, com duplo 6/2.

Nadal precisou de somente 1h12min pra despachar o adversário e confirmar a freguesia. Esta foi a quinta partida entre eles, sendo a quinta vitória de Nadal. Agora, ele terá pela frente um desafio teoricamente mais difícil, já que enfrentará o búlgaro Grigor Dimitrov, cabeça de chave número 10, que passou pelo suíço Stan Wawrinka em três sets: 7/6 (7/5), 3/6 e 6/3.

Para derrotar Bolelli, número 63 do mundo, Nadal nem precisou forçar demais. O italiano acertou somente 52% dos primeiros serviços e teve muita dificuldade para confirmar seus saques. O espanhol aproveitou, conseguiu quatro quebras e apenas manteve os serviços para arrancar para o tranquilo triunfo.

A vitória foi muito importante para Nadal. Campeão em Madri em 2005, 2010, 2013 e 2014, o espanhol defende os pontos da conquista do ano passado e se não vencer novamente a competição, corre o risco de cair até o sétimo lugar no ranking, mesmo já tendo passado até as quartas.

Mas no que depender do retrospecto, Nadal está bem perto das semifinais. Este será seu sexto duelo diante do número 11 do mundo e o espanhol ainda não sabe o que é derrota para o búlgaro.

OUTROS RESULTADOS

Em outras partidas já encerradas do dia pelo Masters 1000 de Madri, destaque para o checo Tomas Berdych, que passou pelo francês Jo-Wilfried Tsonga por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/2. Nas quartas, o cabeça de chave número 6 duelará com o norte-americano John Isner, que passou por 2 sets a 1 pelo australiano Nick Kyrgios, algoz de Roger Federer, com parciais de 6/3, 6/7 (7/9) e 6/4.