Em busca da quarta vaga da Espanha na Liga dos Campeões, o Valencia perdeu a oportunidade de somar pontos importantes nesta quinta-feira. No fechamento da 34.ª rodada, apenas empatou em 1 a 1 com o Rayo Vallecano, em Madri, em jogo que teve dois expulsos. Já são três partidas seguidas sem vitória fora de casa pelo Espanhol.

Com o empate, o Valencia empatou em 69 pontos com o Sevilla, reassumindo o quarto lugar pelo saldo de gols. As duas equipes têm seis pontos a menos que o Atlético de Madrid, terceiro colocado. Assim, disputam apenas a classificação para os playoffs da Liga dos Campeões. Só os três primeiros avançam direto à fase de grupos.

Três dias depois de bater recorde histórico e se tornar o goleiro de maior invencibilidade no Estádio Mestalla, casa do Valencia, com mais de seis jogos sem levar gols, o brasileiro Diego Alves falhou feio na partida desta quinta-feira.

Aos 19 minutos, Adri Embarba arriscou de longe e o goleiro se preparou para encaixar a bola tranquilo, à meia altura. Mas a bola passou por entre seus braços e entrou. Um frango daqueles que marcam a carreira.

Depois que Morcillo foi expulso e o Rayo ficou com um jogador a menos, o Valencia conseguiu empatar, com Dani Parejo. Logo em seguida, entretanto, Rodrigo também levou o vermelho e os visitantes não conseguiram a virada.

Também nesta quinta-feira, o Espanyol venceu o Granada por 2 a 1, fora de casa, mantendo-se no 10.º lugar, com 45 pontos, logo à frente do Rayo Vallecano, que tem 42. O Granada, com 25, fica a seis de deixar a zona de rebaixamento. A equipe só venceu quatro jogos no Espanhol.