O zagueiro Gregory Mertens, que sofreu um ataque cardíaco em campo na última segunda-feira (27) em jogo-treino de sua equipe, o Lokeren, diante do Genk, segue internado em estado crítico. O jogador de apenas 24 anos de idade teve o problema no começo da partida e foi imediatamente atendidos pelos médicos dos dois clubes, antes de ser encaminhado ao hospital após os primeiros socorros.

O atleta já deixou o campo em estado extremamente grave, respirando artificialmente, e é mantido em estado de coma. O médico do Lokeren, Kris Peeters, disse ao canal local VTM que "alguns problemas surgiram" durante operações aos quais o defensor foi submetido na última terça-feira.

"Nós sabemos apenas que eles (médicos) estão fazendo o máximo para mudarem as coisas. Mas nós todos ouvimos que as coisas não vão bem", reconheceu Peeters.

O Lokeren, por sua vez, disse que Mertens passou por vários exames durante a sua carreira e assegurou que nenhum deles apontou um problema cardíaco que inviabilizasse a prática do futebol profissional.