Com futuro ainda indefinido, enquanto a McLaren não divulga quem serão seus dois pilotos para 2015, Jenson Button admitiu que o GP de Abu Dabi, que encerra a atual temporada neste domingo (23), pode mesmo ser a sua última corrida na Fórmula 1. O inglês de 34 anos deseja continuar na equipe, mas tem boas chances de perder sua vaga - o espanhol Fernando Alonso está sendo contratado para formar dupla com o dinamarquês Kevin Magnussen.

"Estou tranquilo. A Fórmula 1 é um grande lugar para estar, mas existem outras coisas na vida que são grandes desafios. Vou curtir o fim de semana. Depois, vamos ver o que acontece", disse Button, que está em sua 15ª temporada na categoria, sendo a quinta seguida na McLaren. "Tudo o que sei é que esse é o último fim de semana do ano, e pode ser meu último fim de semana na Fórmula 1."

Campeão da Fórmula 1 em 2009 - pela antiga equipe Brawn GP -, Button já recebeu sondagens para mudar de categoria. Uma das opções, caso saia mesmo da McLaren, é o Mundial de Endurance. "Parece ser interessante", disse o inglês, quando perguntado sobre essa possível mudança. "Quero correr no ano que vem. Quero estar numa categoria que seja competitiva. E esse pode, sim, ser um desafio excitante."