A Casa da Moeda do Brasil (CMB) lançou nesta segunda-feira uma medalha para homenagear o centenário do Palmeiras, comemorado no dia 26 de agosto. Com tiragem de 2.250 peças, a medalha foi idealizada pelo clube e foi confeccionada em ouro, prata, bronze e bronze dourado.

A mais cara, naturalmente, é a de ouro. Ela pode ser adquirida pelos torcedores, através do site da Casa da Moeda, pelo valor de R$ 23.266,00. Somente cinco peças foram produzidas em ouro. A maior parte foi confeccionada em bronze, com 1.900 peças. Também é a mais barata: R$ 70.

A medalha foi desenhada pela própria Casa da Moeda. Um lado traz os números "100" e "1914-2014", em referência ao centenário. O outro apresenta o brasão do clube, circundado pela mensagem "Centenário da Sociedade Esportiva Palmeiras". Também foram confeccionadas medalhas com uma resina verde preenchendo o brasão do clube, para lembrar a cor tradicional do Palmeiras.

O lançamento da medalha, na manhã desta segunda-feira, aconteceu na sede social do Palmeiras e contou com a presença do presidente Paulo Nobre.