O australiano Mark Webber discordou da estratégia adotada pela Red Bull para ele no GP do Japão. Pole position da prova, realizada no circuito de Suzuka, ele fez três pit stops e terminou a corrida na segunda colocação, atrás do alemão Sebastian Vettel, seu companheiro de equipe, que parou uma vez a menos nos boxes. Na sua opinião, a decisão de parar três vezes foi equivocada.

"Fiquei um pouco surpreso com a troca para três paradas e perguntei se era a coisa certa a se fazer", disse. "Seb fez um trecho um pouco mais longo na pista, mas a meta de duas paradas era viável. Senti que poderíamos completar as voltas que eram necessárias", completou.

Webber evitou tirar os méritos de Vettel pela vitória, mas destacou o risco da tática, por devolvê-lo ao meio do pelotão na saída dos boxes. "No fim, Seb fez uma boa corrida e sua estratégia funcionou perfeitamente. Fazer três paradas não foi completamente ridículo, mas foi de alto risco", disse.

Ainda sem vencer na atual temporada da Fórmula 1, Webber tem os segundos lugares nos GPs do Japão, da Malásia e da Inglaterra como melhores resultados. O australiano ocupa o quinto lugar no Mundial de Pilotos com 148 pontos, a 149 de Vettel, o líder do campeonato.