Pesquisa realizada pelo Instituto Resultado, divulgada nesta terça-feira (29), aponta vantagem do ex-prefeito de Vespasiano e um dos seis postulantes à chefia do Executivo, em novembro, Carlos Murta (MDB), sobre os demais na corrida pelo cargo.

No levantamento estimulado (quando os nomes são apresentados aos eleitores), realizado entre 24 e 27 de setembro, com 600 entrevistados de várias faixas sociais, Murta aparece com 32,8% das intenções de voto. A atual prefeita, Ilce Rocha (PSDB), vem em segundo, com 26,2%.

Em terceiro, surge o nome do ex-vereador Luciano Costa, com 17% da preferência dos eleitores. Já Geraldo Magela (PRB) tem 2,3%, seguido de Toti (PSB) com 1%. O candidato do PT, Ednaldo, aparece com 0,3% de intenção de votos. 

O número de entrevistados que afirmam estar indecisos ou não sabem em quem votar ou não respondem alcança 11,8% dos pesquisados. Outros 7,7% afirmam que não pretendem votar em ninguém.

Apurando os votos válidos, retirando os brancos, nulos e indecisos, a vantagem de Carlos Murta sobe para 41,2% contra 32,8% de Ilce Rocha. Luciano Costa aparece nessa situação com 21,3%.

REJEIÇÃO

Ainda segundo o levantamento, quando o eleitor é perguntado sobre em quem não votaria de jeito algum, a prefeita Ilce Rocha (PSDB) fica à frente dos concorrentes, com 19,2%, seguida de "ninguém", com 14,8%, Carlos Murta, com 14,5%, "não sabe" ou "indeciso", com 13,3%, e Luciano Costa, com 10,7%, Toti, com 9,5%, Geraldo Magela, com 7,3%, "todos", com 5,7%, e Luciano, com 3,2%, sendo que 1,5% não respondeu. 

Quando perguntado sobre quem vencerá as eleições municipais deste ano, Carlos Murta lidera o cenário com 38,5%, seguindo de Ilce Rocha, com 23,3%, "não sabe" ou "indeciso", com 23,2%, e Luciano Costa, com 13,5%. Geraldo Magela teve 0,7% e Luciano, 05%.

Registrada na Justiça Eleitoral sob a identificação MG-06531/2020, a pesquisa do Instituto Resultado tem margem de erro é 4 pontos percentuais para mais ou menos. O nível de confiança é de 95%.