Às vésperas da divulgação da nova lista do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, parlamentares já investigados na operação "Lava Jato" prestigiam a posse do novo ministro da Justiça, Osmar Serraglio, no Palácio do Planalto. Ao menos quatro alvos de inquérito na Operação no Supremo Tribunal Federal (STF) estão no ambiente da solenidade: o presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI); o presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Edison Lobão (PMDB-MA), e os senadores pelo PP Benedito de Lira (AL) e Gladson Cameli (AC).

Serraglio tomará posse no ministério juntamente com o novo colega de Esplanada, o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), que assumirá o ministério das Relações Exteriores. A solenidade, marcada para ter início às 15h30, ainda não começou.

Leia mais:
Temer nomeia Serraglio e Aloysio Nunes e designa novos membros para o Conselhão
Futuro ministro da Justiça afirma que não mudará cúpula da PF