O presidente do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), Antonio Gustavo Rodrigues, disse nesta terça (7) à CPI da Petrobras que o órgão enviou 267 relatórios sobre movimentações financeiras atípicas às investigações da operação "Lava Jato" que somam R$ 51,9 bilhões.
 
Segundo Rodrigues, foram 8.918 comunicações de operações financeiras atípicas nesses 267 relatórios, com o nome de 27 mil pessoas físicas e jurídicas.
 
Os números da movimentação financeira, porém, podem incluir operações repetidas. Por isso, Rodrigues disse que devem ser vistos com essa ressalva. Também não querem dizer que todas as operações foram ilegais.