O chefe da Frontex, a agência de segurança das fronteiras da Europa, Fabrice Leggeri, afirmou que as recentes tragédias envolvendo imigrantes que tentam entrar no continente através do Mar Mediterrâneo, mostram que a Europa deve fazer mais para impedir a imigração por questões econômicas.

De acordo com Leggeri, a Europa deve ajudar imigrantes que fogem de perseguições políticas em seus países, mas a imigração por questões econômicas é uma questão distinta e deve ser impedida.

O chefe da Frontex, baseada em Varsóvia, afirmou que os países da Europa devem enviar os imigrantes por questões econômicas de volta para seus países de origem por avião, assim eles podem contar a seus conterrâneos que não há como viajar com segurança pelo mar.

Leggeri ainda disse que a Europa deve deter os responsáveis pelas viagens, que enganam as pessoas com promessas de entrada segura na Europa, quando na verdade os estão expondo ao perigo. Fonte: Associated Press.