Nelson MandelaJOANESBURGO - A suposta foto de Nelson Mandela em seu leito de morte, que está circulando pela internet, talvez seja falsa, pois é parecida com uma imagem registrada por um fotógrafo da AFP em 1991.

Desde quarta-feira, o corpo do Prêmio Nobel da Paz se encontra exposto em um caixão semiaberto na sede da presidência em Pretória, onde milhares de pessoas estão se despedindo de seu herói.

Mas os celulares e as câmeras estão proibidas e soldados vigiam de perto para impedir que alguma pessoa resolva registrar a imagem do falecido.

No entanto, uma imagem sem identificação está circulando on-line como "uma foto roubada do corpo de Mandela".

Trata-se de um primeiro plano de um rosto parecido com o líder anti-apartheid com os olhos fechados. O plano é tão fechado que não se pode ver nada ao redor.

Também parece ser uma captura de tela, já que é possível observar um cursor no meio do rosto.

Parece pouco provável que a foto tenha sido tirada na sede da presidência, já que o corpo se encontra no alto e as pessoas que desfilam por ele só conseguem ver o perfil do falecido.

Além disso, a foto parece ser uma imagem, levemente retocada, que foi registrada em 1991 por um fotógrafo da AFP durante a primeira assembleia do Congresso Nacional Africano (ANC), o partido da luta anti-apartheid um pouco depois de ser declarado legal.

Seja como for, o governo pediu ao público que ignore a foto que circula pela internet, pois, segundo o desejo da família, não será divulgada qualquer imagem dos restos mortais de Mandela.