Cazaquistão - Três novos tripulantes chegaram nesta quinta-feira à Estação Espacial Internacional (ISS) para uma missão na qual dois cosmonautas russos farão uma caminhada espacial, em novembro, com a tocha dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi-2014.

O foguete Soyuz decolou rumo à ISS na quarta-feira às 20h58 GMT (17H58 de Brasília), levando a bordo os cosmonautas russos Oleg Kotov e Serguei Riazanski e o astronauta americano Michael Hopkins. A nave Soyuz-TMA se acoplou à estação às 2H45 GMT (23H45 de Brasília).

Durante a missão, de 168 dias, os russos Oleg Kotov e Serguei Riazanski farão uma saída histórica ao espaço com a tocha olímpica dos Jogos de Sochi, que acontecerão em fevereiro do próximo ano.

A tocha será levada para a Rússia em 6 de outubro e outra tripulação a transportará para a ISS em 7 de novembro.

Os dois cosmonautas russos devem realizar uma caminhada espacial em 9 de novembro e a tocha retornará dois dias depois à Terra para dar continuidade a sua viagem até a cidade russa às margens do Mar Negro.

Este foi o terceiro voo tripulado a utilizar um dispositivo acelerado que permite chegar à ISS em quase seis horas, ao invés de dois dias.

O russo Oleg Kotov, um médico militar de 47 anos, é o comandante da missão e seu compatriota Serguei Riazanski, um biólogo de 39 anos, é o engenheiro de bordo.

O americano Michael Hopkins, de 44 anos, é um oficial da Aeronáutica.

Na ISS já estão o italiano Luca Parmitano, o russo Fiodor Yurchikhin e a americana Karen Nyberg, que estavam sozinhos desde 11 de setembro, quando retornou à Terra a tripulação anterior.