A Fiat acaba de lançar no Brasil o 500e, versão elétrica do carismático Cinquecento. Com preço de R$ 240 mil, o carrinho é caro, mas não foge ao que é cobrado por demais compactos movidos a baterias como Chevrolet Bolt EV e Renault Zoe.

O Cinquecento elétrico será vendido em 10 concessionárias credenciadas, e em nove cidades. O carrinho chega equipado com motor elétrico de 118 cv e 22 kgfm de torque e baterias que permitem rodar até 320 km com uma única carga. No entanto, a marca afirma que, nos testes de rodagem para lançar o carro, é possível elevar para até 460 km.

N/A

POLEGAR ELÉTRICO -  Com autonomia para 320 quilômetros, Fiat 500e chega por R$ 240 mil para disputar mercado com Renault Zoe, Chevrolet Bolt EV e Mini Cooper SE

De acordo com o diretor de desenvolvimento de produto, Marcio Tonani, é possível estender a autonomia em condições de velocidade média constante (na casa dos 60 km/h), assim como temperatura externa na faixa dos 25 graus.

Recarga

Para carregar as baterias do 500e, a Fiat recomenda pelo menos o uso do Wallbox, que permite completar o ciclo da bateria em 6 horas, e outra de 11 kWh, que completa as baterias em 4 horas. Em carregadores rápidos, é possível regenerar 50% das pilhas em 60 minutos e, num carregador ultra-rápido de 85 kWh, é possível recuperar 80% da autonomia no mesmo período.

Um dos pontos para justificar a adoção do elétrico está no custo de circulação. Assim como a Mini, que defende o menor custo do quilômetro rodado para vender o Cooper SE, a Fiat afirma que, dependendo da bandeira tarifária, o custo de cada carga é em torno de R$ 35.

Conteúdos do 500e

Para justificar o preço salgado, o compacto conta com pacote farto de conteúdos, que inclui quadro de instrumentos digital de sete polegadas (com diferentes configurações), central multimídia flutuante de 10,2 polegadas, carregamento sem fio, conexão com smartphones e ar-condicionado digital. O pacote de assistentes adiciona controle de cruzeiro adaptativo (ACC) e monitores de faixa de direção e fadiga, assim como leitor de placas. 

O padrão de acabamento impressiona, como na geração passada. O 500e conta com bancos revestidos em couro, com o nome Fiat costurado nos bancos, assim como volante de dois aros e botões no lugar das maçanetas.

Exterior

Por fora, o 500e é uma evolução da geração apresentada em 2007. Visualmente, as mudanças estão basicamente na parte frontal, em que o conjunto ótico invade o capô. As lanternas também foram redesenhadas, mas seguem a proposta do antecessor, que, por sua vez, era uma releitura do 500 de 1957.

Pré-venda

Para lançar o carro, a Fiat abriu campanha de pré-venda em que os 20 primeiros clientes ganham um carregador Wallbox. Para encomendar o carro, é preciso entrar no site fiat500e.com.br e fazer o pedido, mediante sinal de R$ 5 mil.

Leia mais:
Mobi 2022 e a escassez dos populares; editor do HD Auto comenta
GM confirma rival para Fiat Toro; editor do HD Auto comenta