RIO DE JANEIRO - Uma operação da Coordenadoria Integrada de Combate aos Crimes Ambientais (Cicca), da Secretaria Estadual do Ambiente, retirou nesta quarta-feira (9) uma embarcação que naufragou em agosto de 2012 na praia de Itaipu, na zona oceânica de Niterói, região metropolitana do Rio. A ação teve a parceria da prefeitura de Niterói e apoio de técnicos do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e de agentes do Comando de Polícia Ambiental.

Pescadores e banhistas de Itaipu pediam há tempos a retirada da traineira Estrela Azul que, por ter naufragado próximo à arrebentação, oferecia riscos à integridade física dos frequentadores da praia. Cerca de 60 pessoas foram mobilizadas para a retirada – aos pedaços – da embarcação. O trabalho, monitorado por dois mergulhadores, exigiu a interdição de parte da praia e só foi possível com o auxílio de uma escavadeira com esteira e de uma retroescavadeira.

A retirada evitou o risco de derramamento de óleo do tanque de combustível do barco pesqueiro encalhado. Os destroços foram levados de caminhão para o Aterro Sanitário de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio.

O secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, acompanhou a operação e anunciou para o próximo dia 22 o início das obras de dragagem e recuperação ambiental da Lagoa de Piratininga, também em parceria com a prefeitura de Niterói. Minc disse que a praia de Itaipu terá, até o final do primeiro semestre deste ano, uma reserva extrativista marinha, outra reivindicação dos pescadores da região.