A pandemia fez com que muitas mulheres adiassem as consultas de rotina com ginecologistas. Mas, o exame preventivo é a principal arma contra cânceres, como o de mama e o de colo do útero.

Dados da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) revelam que houve redução de 23,4% na realização de mamografias e biópsias de colo uterino. Sem os exames, muitas mulheres podem desenvolver doenças graves sem saber.

A estimativa do Instituto do Câncer (INCA) é que no Brasil sejam registrados 66.280 novos casos de câncer de mama e que 16.590 mulheres podem ter desenvolvido o de colo do útero.

O presidente da Febrasgo, o ginecologista Agnaldo Lopes, conversa com a repórter Maria Amélia Ávila sobre a importância de exames preventivos para a saúde da mulher, nesta segunda-feira (2), às 17h30. A live será transmitida pelo Instagram do Hoje em Dia.