Pesquisa de expectativa de vendas feita com comerciantes pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) mostra que pelo menos 50% dos lojistas da capital mineira vão usar o WhatsApp como ferramenta para divulgação de produtos e ofertas para o Natal. Pelo potencial de proximidade com os clientes, a rede social é vista pelos pequenos empreendedores como alternativa para turbinar as vendas por meios digitais nesta reta final do ano. 

A empresária Cristina Misk é dona de um bufê especializado em atender grandes eventos corporativos em BH. Com as medidas de isolamento social, viu a demanda ir a zero. Num primeiro momento, usou o delivery para manter o empreendimento. Agora, com a proximidade dos festejos natalinos, está usando o WhatsApp para se comunicar com clientes que tradicionalmente pedem ceias de Natal. “Estou aproveitando esta ferramenta não só para garantir as encomendas, mas, principalmente, para conseguir os insumos”, revela.

E é a proximidade com o cliente que pode ser o diferencial para os pequenos negócios conseguirem atrair consumidores no mercado digital, fazendo frente às grandes empresas. Para Marina Moura, consultora de Marketing do Sebrae-MG, o WhatsApp permite aos pequenos comerciantes levar aos clientes os produtos que eles querem, em lugar de uma gama de escolhas. 

“O aplicativo e o site que oferecemos aos lojistas são uma forma simples que criamos para dar visibilidade a eles. Assim, o comerciante só precisa de um contato e de uma foto do produto e consegue vender”
Marcelo Souza e Silva - presidente da CDL/BH

“Conhecer os desejos e as expectativas do cliente é fundamental, e isso o pequeno comerciante tem muito mais do que o grande. Estar do outro lado do balcão lhe dá isso”, explica Marina Moura.

Fidelidade

Pequenos comerciantes precisam mesmo, alerta a consultora, é investir na fidelidade e no conhecimento do seu público-alvo. “Não adianta gastar dinheiro em anúncios nas redes sociais, como fazem os grandes. O necessário é compreender hábitos e gostos da clientela. Esse é o maior investimento”.

Na tentativa de ajudar os lojistas a alcançarem mais clientes no meio digital, a CDL/BH incrementou um aplicativo e um site em que podem expor os produtos que oferecem.