O candidato a prefeito de Belo Horizonte pelo Pros, Fabiano Cazeca, deixou o Centro de Terapia Intensiva (CTI) na tarde desta segunda-feira (9) e foi transferido para um apartamento. "Devido ao quadro de melhora apresentado nos últimos dias, ele deixou o CTI e foi transferido", informou a assessoria de imprensa.

Fabiano Cazeca testou positivo para o Covid-19 no dia 30 de outubro e está internado desde o dia 1º de novembro no hospital Mater Dei, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. 

Na manhã desta segunda, a assessoria de Cazeca também desmentiu, por meio de nota, uma possível retirada da candidatura. O postulante já havia usado as redes sociais nesse domingo (8), para confirmar que continuaria na campanha. “Olha, quem me conhece sabe que não sou homem de desistir. Na minha vida nada nunca foi fácil. Tudo foi conquistado com muito trabalho, esforço e dedicação. Independentemente do resultado eleitoral, nossa candidatura já colocou propostas importantes do debate”, disse Cazeca.

Em função da doença, todos os compromissos de campanha foram suspensos ainda no último dia 30.

Veja na íntegra o boletim médico divulgado pelo hospital:

"O Sr. Fabiano Lopes Ferreira se mantém internado no Hospital Mater Dei com quadro de pneumonia pela COVID-19. Ontem, fomos capazes de retirar o cateter nasal de alto fluxo (HFCN) sendo colocado cateter nasal convencional. Mesmo com esta intervenção, o paciente foi capaz de manter boa oxigenação da corrente sanguínea, mensurada através de oxímetro de pulso. Isto, ao nosso modo de entender, demonstra melhora progressiva da função pulmonar, único órgão anteriormente com disfunção. Paciente se mantém consciente, acordado, lúcido e cooperativo".

Assina Anselmo Dornas Moura, coordenador médico da UTI da Rede Mater Dei de Saúde.