Pesquisa realizada com 523 pessoas em Nova Lima, na Grande BH, apontou liderança do candidato João Marcelo (Cidadania) na preferência do eleitorado, com 32,97% das intenções de voto.

De acordo com o levantamento, elaborado pelo 121 Labs e registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número MG-03505/2020, João Marcelo mantém-se à frente e com quase o dobro do percentual de possíveis votos do segundo colocado, Wesley de Jesus (DEM), que tem 16,34%.

Na sequência, aparecem os candidatos Carlinhos Rodrigues (PDT), com 11,76%, Dr. Juarez (Solidariedade), com 6,33%, Soldado Flávio de Almeida (PT), com 3,59%, Jobert Jobão (UP), com 2,01%, e Sergio Americano Mendes (Podemos), com 1,51%.

Os eleitores que não sabem em quem votarão somam 16,15% e os que refutam todos os concorrentes são 9,34%.

O levantamento foi composto por 523 entrevistas com erro amostral de 4,27%, considerando um universo de 73.603 eleitores registrados no site do TSE referente ao município em setembro de 2020.

eleições Nova Lima 2020

Clique para ampliar

A pesquisa, que ouviu 45,8% de mulheres e 50,9% de homens, em um público total com maior prevalência de integrantes da classe C (36,99%) e da faixa etária entre 45 e 59 anos (25,26%), também avaliou a rejeição dos postulantes à Prefeitura de Nova Lima.

Nesse quesito, Wesley de Jesus liderou com 40,78%. O candidato teve quase o dobro da rejeição ao segundo colocado, Carlinhos Rodrigues, com 21,31%.

Na sequência, vieram João Marcelo, com 7,24%, Soldado Flávio de Almeida, com 6,32%, Sergio Americano Mendes, 4,67%, Dr. Juarez, 3,8%, e Jobert Jobão (UP) 3,59%. O percentual de entrevistados que não rejeita qualquer dos candidatos é de 12,29%.

Entre agosto e setembro
Em enquete anterior, realizada entre o fim de agosto e o início de setembro – mês em que foi registrada no TSE, no dia 14, com o número MG-01401/2020 –, o candidato João Marcelo também liderava a corrida pelo Executivo nova-limense: tinha 33,82% das intenções do eleitorado.

A exemplo do que ocorreu neste mês, ele era seguido por Wesley de Jesus, com 17%, Dr. Juarez, com 12,81%, Soldado Flávio de Almeida, com 9,93%, e. Sérgio Americano, com 2,17%.

A opção “Nenhum deles” foi assinalada por 24,28% dos entrevistados e Carlinhos Rodrigues, diferentemente da lista apresentada na pesquisa de outubro, não fazia parte das opções. A enquete foi feita com 800 entrevistas e erro amostral de 3,45%.