A Volkswagen ainda não sabe quando lançará a segunda geração da picape Amarok, que completou 10 anos de mercado. E, enquanto isso não acontece, a marca resolveu atualizar a linha 2021, com destaque para as versões com motor V6, com foco no perfil de consumidor chamado de “agro millennial”.

É um nome bonito para representar aquele menino que saiu para estudar e voltou cheio de conhecimento para o campo, com saudade do cheiro de terra molhada e botas de grife. Quase um enredo de novela. Ele gosta de coisas refinadas e, certamente, não vai guiar picape sem as virtudes que a Amarok entrega. 

Mas para levar a picape para casa é preciso ser filho de fazendeiro bem-sucedido, como os coronéis interpretados por Antônio Fagundes. Ela é oferecida em duas opções de acabamento, Highline (R$ 243.290) e Extreme (R$ 256.390). A grande novidade é que a Amarok V6 chega ao mercado com acréscimo de potência. Seu V6 3.0 turbodiesel teve sua potência elevada de 225 cv para 258 cv. 

Ainda conta com função Overboost, que entrega mais de 14 cv, por 10 segundos. Já o torque foi ampliado de em 56,1 mkgf para 59,1 mkgf. Segundo a VW, ele acelera de 0 a 100 km/h em 7,4 segundos e vai a até 190 km/h. A transmissão manteve a caixa automática de oito velocidades.

A V6 conta com tração integral 4Motion, que mantém a distribuição nas quatro rodas a todo momento, sem a necessidade de usar seletor 4x2 para 4x4. No asfalto se traduz em maior aderência e controle direcional. Fora dele, garante à picape tração encarar terrenos acidentados e de baixa aderência.

Conteúdos

O pacote de equipamentos da Amarok V6 é vasto. A lista inclui ar-condicionado digital de duas zonas, bancos dianteiros (motorista e passageiros) com ajustes elétricos, câmera de ré, piloto automático (controle automático de velocidade), bancos revestidos em couro, multimídia Discover Media (com Android Auto, Apple CarPlay, CD Player, GPS nativo e câmera de ré). 

A picape ainda inclui faróis bixênon com luz de condução diurna (DRL) em LED, indicação de pressão dos pneus, retrovisor interno eletrocrômico, retrovisores externos elétricos, aquecíveis e rebatíveis eletricamente, sensores de chuva e crepuscular, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, travas e vidros (nas quatro portas) elétricos, sistema de alarme com volante com regulagens de altura e profundidade.

Black Style

A versão Extreme pode ser equipada com o pacote Black Style que acresce 1.880 ao preço final. O kit monocromático segue a linha da S10 Midnight, com rodas aro 20 pintadas em preto, assim como estribos, santo-antônio (emoldurado), retrovisores e para-choques. Os únicos elementos cromado são o emblema da VW e o friso na grade do radiador.