O Grupo VW e a EDP acabam de inaugurar o primeiro eletroposto de seu projeto que prevê cobrir mais de 2,5 mil quilômetros de rodovias. O projeto prevê a conexão de capitais como Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte e Brasília. 

A primeira unidade foi inaugurada em Caraguatatuba (SP) e conta com três pontos de recarga, sendo que uma delas é de carregamento ultrarrápido com 350 kW e duas de 150 kW. Ao todo serão 30 pontos de recarga que serão entregues em três anos. Na empreitada, Volkswagen, Audi e Porsche atuam na validação dos pontos. 

Segundo a Audi, foi preciso apenas 20 minutos para recarregar as baterias do SUV e-tron para autonomia de 200 quilômetros. Já a Porsche registrou que para obter 80% da carga do poderoso Taycan foram necessários 40 minutos, na “bomba” mais potente</CW>. 

Já a VW precisou de duas horas no ponto de 150 kW para entregar 50 quilômetros de autonomia ao Golf GTE. Lembrando que o modelo é híbrido. Segundo EDP, os eletropostos utilizam conectores do tipo CCS e AC que podem ser utilizados por outros modelos que tenham bucais com esses padrões. Para poder “abastecer” nos eletropostos é preciso ter um cartão de recarga E.V. Card. Para isso é preciso fazer cadastro no site da EDP.

Fernão Dias

Na conexão entre São Paulo e Belo Horizonte, os pontos do corredor serão instalados ao longo da rodovia BR-381, a Fernão Dias. 

No entanto, ainda não está claro quantos pontos serão instalados no trecho de quase 600 quilômetros entre as duas capitais. No entanto, a rodovia está entre as estradas que receberam 10 postos ainda em 2020.